30 de out de 2011

O mandado. Parte 9

Quando amanhece Sofia e Cassiana acordam com uma enorme dor de cabeça e veem Kartineli na entrada da caverna acordada com uma tocha ainda acesa.
Sofia se levanta e meio tonta pergunta assustada:
- O que ouve? Como eu estou aqui!?
Cassiana se vira e pergunta também:
- Eu só me lembro de ser jogada na parede.
- Vocês não foram pareis para Cléber.
- Ele roubou a chave de nós!?
Pergunta Cassiana já se levantando do chão frio.
- Não.
- Mas como você conseguiu lutar com ele!? Você é uma guerreira!?
- Não. Não sou. Mas consegui fazer mais estrago do que imaginava.
Ela se vira para Cassiana e Sofia e joga a luva de Cléber sobre os pés delas. Sofia pega a luva e pergunta:
- Como que você conseguiu tirar a luva dele!?
Kartineli apaga a tocha e pede para elas sentarem para explicar:
- Eu fiquei a noite inteira pensando e vi que o fogo consome o ar....
- Então quer dizer que o fogo é a unica coisa que é capaz de feri-lo!?
Pergunta Sofia.
- Isso mesmo.
E nesse momento A Garota pousa em frente a caverna e de cima dela descem Thomas, Michaela, Brian e mais o navegador que ajudou elas Luiz.
Sofia se levanta e corre para eles e pergunta:
- Como vocês nos encontraram!?
- Encontramos o pescador no meio do caminho e ele nos ajudou.
Diz Thomas que olha para o machucado na cabeça de Sofia e pergunta:
- O que foi isso!?
- Cléber nos encontrou, mas nós conseguimos proteger a chave a tempo.
As outras duas saem da caverna e perguntam:
- Quem está cuidando da Eduarda se você esta aqui!?
- Deixei Luan cuidando dela, parece que eu faço mais coisa aqui do que ele.
E logo depois Luiz diz:
- É, e vocês deram um trabalho e tanto.
E A Garota se vira e olha para a descida da montanha como se visse alguém vindo dali. Thomas tira sua espada e diz:
- O pior e que agora não temos só Cléber nos perseguindo.
E descendo da montanha vários arqueiros saem atirando inúmeras flechas. Michaela se vira diz :
- Rápido! Subam na Garota!
Todos sobem na Garota e ela levanta voo, mas antes de sair do chão o líder dos arqueiros, o homem de capacete tira um flecha dourada e atira e acerta o braço de Michaela.
Michaela se vira e diz para os outros:
- Ele não deveria ter feito isso.
Sofia olha para ela e diz:
- Tenho medo medo quando você diz isso.
Tempo depois eles chegam em Morgarem e descem do dragão. Thomas olha para Kartineli e pergunta o que havia acontecido lá na gruta. Kartineli explica cada detalhe e depois eles notam que Cléber não era imune a fogo. E nesse momento Eduarda aparece com a cabeça enfaixada e diz:
- Olá pessoal! Pelo visto vocês também ficaram vivos.
E no meio da conversa um guarda entra dentro da sala de Morgarem e diz:
- Meu rei. Rei Leonardo Niroz, e pai de minha Rainha esta aqui.
E Leonardo entra empurrando a porta e gritando:
- Onde estão minhas filhas!?
E os guardas dali olham para Leonardo que tinha dois metros de altura e correram para cima dele com lanças e espadas até que ele diz:
- Há! Vocês querem me enfrentar mesmo!?
Os guardas apontam as armas e um deles grita:
- Fique onde esta!
- Abaixem as armas!
Diz Thomas andando em direção a Leonardo e seu sogro. Leonardo olha bem nos olhos do guerreiro e diz em voz baixa:
- Você já enfrentou um exercito de cem homens sozinho com apenas uma faca e porque o resto de seu exercito foi morto!?
- Não senhor.
- Então acho que você quer obedecer seu rei não é!?
E eles abaixam as armas e Leonardo anda até Thomas e o abraça com força e diz:
- Meu genro preferido! Como você está!?
E Luan que estava ali perto olha para Leonardo e pergunta:
- E e eu seu Leonardo!?
Leonardo se vira e diz meio sarcasticamente:
- Há claro! Depois de você.
Leonardo sempre sorrindo olha para sua filha Eduarda enfaixada na cabeça e pergunta:
- Minha filha o que ouve com você!?
Michaela ao lado de Eduarda diz para Leonardo:
- Um guerreiro que estamos enfrentando golpeou ela na cabeça.
- Quem é esse guerreiro!? Eu juro matar ele!
E se escuta várias espada batendo uma contra a outra até que um guarda entra correndo na sala novamente e diz:
- Meu rei! Cléber derrotou metade de nossas defesas!
- Segurem ele!
Diz Thomas que corre para seu quarto e atrás dele vão todos. Ele chega lá e tira uma especie de bomba pequena.
Eduarda olha para ele e pergunta:
- O que é isso!?
- Isso é uma bomba de fogo.
- Como você consegue esse tipo de coisa!?
- Antigamente quando eu apostava em Livono eu roubei isso.
- E como se usa!?
Pergunta Brian ao lado da mãe.
- Temos que colocar isso dentro do peito dele, dai a bomba faz o resto do trabalho.
E todos ouvem um barulho que indicava que o portão da entrada do castelo havia sido derrubado.
Todos vão no salão principal e veem Cléber ali na frente do portão caído com o capacete amaçado e todo sujo de limo. Thomas pega a bomba e diz:
- Eu vou tentar dete-lo. Se eu não conseguir alguém de vocês vai ter que fazer isso.
E Thomas tira sua espada e corre para cima de Cléber.
(Continua)

Nenhum comentário:

Postar um comentário